– Pai, hoje na escola a professora perguntou qual era a profissão dos nossos pais e quando eu disse que meu pai é pastor, muita gente riu de mim e um dos garotos disse que pastor é igual político, tudo safado!

O pai permaneceu em silêncio por um tempo, em seguida respondeu:

– Você conhece o papai meu filho, sabe quem eu sou… sinceramente, acha que o papai é safado, corrupto, trapaceiro, mau caráter?

O filho pensou um pouco, coçou a cabeçaa e firmemente respondeu:

– Não papai. O senhor não é.

– E então? Não deve se preocupar com o que eles dizem… realmente, infelizmente, muitos são corruptos mesmo, muitos agem de má fé, se aproveitam de pessoas e por isso se têm a imagem de que todos são safados, mas você conhece o papai e sabe que não é o meu caso.

O filho pensou mais um pouco e perguntou em seguida:

– Mas papai, por que então o senhor escolheu ser pastor, não seria melhor ter escolhido ser outra coisa…

O pai pegou o filho, colocou no seu colo e lhe respondeu:

– Não sou pastor por causa dos homens meu filho. Sou pastor por causa do SENHOR. JESUS na verdade fez isso primeiro. ELE olhou a humanidade toda corrompida e mesmo assim ELE quis ser homem para de alguma forma fazer a diferença. Quando eu decidi aceitar o chamado e ser pastor confesso que me preocupei porque sabia que muitos pensavam estas coisas a respeito dos pastores e que eu iria ser incluído nisso também… mas me lembrei de JESUS e decidi abrir mão da minha reputação.

O filho começou a chorar.

– Por que está chorando meu filho?

– Porque fiquei com tanta vergonha hoje de ter um pai pastor…

O pai carinhosamente enxugou as lágrimas do filho e, olhando-o nos olhos disse:

– Não tem problema meu filho, eu te entendo… a partir de hoje tenha certeza de uma coisa… eu sou pastor, apesar de muitos pastores, não por causa dos homens, mas por causa do Maior de Todos os Pastores.

– Posso dizer isso aos meus amigos da escola?

– Não acho que seja necessário filho. Você não precisa dizer, só precisa saber disso e quando falarem mal do papai, sem nem mesmo o conhecerem, lembre-se que crucificaram JESUS como criminoso, mas O PAI o honrou no final. Os maus não podem fazer com que os bons desistam de serem bons, entendeu?

O filho assentiu com a cabeça e sorriu, olhando para o pai, respondeu:

– Papai, eu também quero ser pastor quando eu crescer.

Os dois se abraçaram.

Ivan Junio

  • Rafaela

    Reply

    Meu pai tbm é pastor, tenho varios traumas por conta disso.. hj sou uma pessoa tão abalada emocionalmente, que só de entrar nesse site me arrepio toda em pensar que tem gente querendo seguir esse caminho. Ainda que venham me dizer que ngm escolhe, e sim é escolhido.. só Deus sabe tudo o que ja pessei, e o sentimento que há dentro de mim.. estou tão abalada, tão fragilizada, que nem um texto sou capaz de escrever, olha a forma q saiu q coisa mais sem nexo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *