Graça + Paz!
 
De um ano e meio pra cá O SENHOR tem falado muito comigo a respeito da ORAÇÃO, e quando falo muito sobre isso não significa que sou o cara que oro mais que todo mundo. Não mesmo! Longe disso, sei que não oro o quanto deveria, minha vida de oração está longe de ser um referencial, portanto, como disse Paulo, não julgo ter alcançado, mas prossigo…
 
Principalmente agora com um entendimento muito maior sobre a GRAÇA DE CRISTO, tenho compreendido que uma das coisas mais relevantes que um cristão pode fazer, e talvez a mais relevante, é ORAR! Talvez, como certa vez eu postei, uma das poucas coisas que cabe a nós fazermos! Muito mais relevante do que qualquer trabalho que fazemos e muito mais do que a nossa pregação, a Oração é a dependência dELE, é buscar AQUELE QUE CONFIAMOS QUE É O ÚNICO QUE PODE FAZER e com o entendimento que ELE TEM PARA OS QUE BUSCAM, DE GRAÇA! Talvez aquilo que tenha menos da força do nosso braço, pois quando ORAMOS confiamos que ELE é quem FAZ, que não é por força e nem por violência, mas PELO ESPÍRITO!
 
E, nesta meditação diária a respeito da ORAÇÃO, vejo alguns enganos freqüentes na vida de muitas pessoas e até na minha:
 
1 – “QUEM ORA DEMAIS SE ACHA MELHOR DO QUE OS OUTROS QUE NÃO ORAM TANTO ASSIM e por isso eu não vou orar tanto assim!”
Este é um pensamento de alguns pessoas. Mas, obviamente, a solução não é deixar de orar, mas entender que o fato de orarmos demais não nos faz melhores do que ninguém. Continue buscando uma vida de Oração, porém com um coração correto, como tinha Paulo que dava Graças por orar mais do que os demais, mas que nunca achou isso motivo para se sentir superior. Isso é como um pastor que diz que não quer ter uma igreja grande para não se ensoberbecer. Ele pode, ao contrário, simplesmente buscar um coração que não se corrompa diante do crescimento! A solução é corrigir nosso coração, mudar nossa mentalidade e não deixar de fazer o que é certo.
 
2 – “CONHEÇO GENTE QUE ORA TANTO E POSSUI TANTOS DEFEITOS!”
É outra afirmação que costumeiramente aparece como desculpa para aqueles que conscientemente ou inconscientemente desprezam a vida de Oração. Mas eu posso lhe assegurar que se alguém ora demais e possui muitos defeitos, pode ter certeza que este alguém seria bem pior se não orasse.
 
3 – “CONHECI UMA PESSOA QUE ORAVA TANTO E CAIU EM PECADO! DE QUE ADIANTA?”
É a terceira afirmação triste, seguida pela pergunta mais triste ainda, que desqualificam a vida de oração. É claro que a pessoa não caiu em pecado porque orava demais, mas porque SÓORAÇÃO NÃO RESOLVE. JESUS disse que devemos ORAR E VIGIAR para não entrarmos em tentação. Isso significa que não devemos somente ORAR, mas VIGIAR. Também fomos alertados que aqueles que pensam estar de pé devem cuidar para não caírem. A queda acontece com quem tem vida de oração ou não, por causa de outros fatores, e não por terem vida de oração. JESUS jejuou e orou por 40 dias e depois foi tentado pelo diabo. Dizer que não vou orar muito porque conheci alguém que orava demais e caiu é o mesmo que dizer que não vou entrar na faculdade porque conheci alguém que entrou e se desviou; é o mesmo que dizer que não vou dirigir porque conheci alguém que dirigia demais e bateu o carro. Eu enfatizo: Não é porque alguém que orava muito caiu em pecado que isso invalida o Poder de uma Vida de Oração!
 

4 – “ORAÇÃO É UM TRABALHO QUE NEGA A GRAÇA! ORAÇÃO É LEGALISMO!”

É a mais nova afirmação que vem se tornando cada vez mais comum! +++ Não! Mil vezes não! Oração não é um trabalho! Oração nunca foi lei! Ao contrário, é na Graça que somos desafiados a orar sem cessar ( 1 Tes 5.17 ); é na Graça que somos exortados a perseverar na oração ( Cl 4.2 e Rm 12.12 ); é na Graça que JESUS nos ensina sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecermos ( Lc 18.1 ); é na Graça que somos convidados a orar em todo lugar ( 1 Tm 2.8 ); é na Graça que somos instruídos a orar no Espírito Santo para edificar nossa fé santíssima ( Jd 1.20 ); é na Graça que somos motivados a orar no espírito e com o entendimento ( 1 Co 14.15 ); é na Graça que JESUS nos exorta a orar para não entrar em tentação ( Lc 22.46 ); enfim, na Graça somos convidados a ser como a Igreja Primitiva, perseverando NA ORAÇÃO! Justamente porque é na Graça que temos livre acesso ao Santíssimo Lugar, pelo Novo e Vivo Caminho, que é Jesus Cristo ( Hebreus 10.19, 20 ).

 
Enfim…
 
A oração é dependência. É busca. É confiança. É descanso.
Descansar é parar tudo e Orar!
A oração não é para quem é perfeito, mas para quem busca um aperfeiçoamento diário de Glória em Glória!
A oração não é para quem é melhor do que ninguém, mas é o melhor lugar para quem entende que não é nada e depende em tudo DO MELHOR, que é ELE!
A oração não te impede de ser tentado e nem de cair. Mas a oração te aproxima dAquele que é Perfeito, SANTO e que Pode todas as Coisas! Aoração te faz conhecê-lo mais, depender mais dEle. E é pra ELE que devemos pedir para não cairmos em tentação e é NELE também que encontramos PERDÃO todas as vezes que pecamos!
 
A oração do justo pode muito em seus efeitos, e justo não é o que não peca e acerta em tudo, mas justo é o que está em CRISTO, porque EM CRISTO é JUSTIFICADO e por isso, se você está em CRISTO, sua ORAÇÃO tem muito PODER! 
VAMOS ORAR MAIS?
 
 
Espero ter edificado um pouco sua vida!
 
Abração Insano? 
 
 
+++ Pr. Ivan Junio (( Pastor Insano? ))
  • Cynthia Dantas

    Reply

    Que palavra tremenda. Que Deus continue usando a sua vida.

  • Jaqueline Cordeiro

    Reply

    Era isso que eu estava precisando ler. Obrigada Pr. Ivan, que Deus continue usando a sua vida para que tantas outras sejam edificadas.

  • Ramon Cpr

    Reply

    Muito obrigado Pr. Que Deus abençoe a sua Vida abundantemente e que o senhor possa ser inspirado mais, e mais por Deus pra avivar mais esses jovens, que estão deixando de orar, e ler essa palavra Gloriosa!! Que o Senhor lhe abençoe sempre…. Um abraço de Ramon Cpr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *